sexta-feira, 22 de outubro de 2010

Tomate seco

Figura 1 - Tipo de tomate
Figura 3 - como enxugar
video

Ingredientes

  • 12 tomates grandes bem maduros e firmes (tipo italiano, Andréa, ou Santa Cruz - vide figura 1);
  • 1 xícara de açúcar cristal e 1 colher de sopa de sal misturados;
  • 1 colher de sopa de orégano;
  • 1 colher de sopa de alho desidratado;
  • 2 colheres de sopa de azeitona sem caroço;
  • 1 lata de azeite de boa qualidade.
Modo de fazer
  1. Lave os tomates com detergente e deixe-os de  molho por 10 minutos imersos em água com cloro (1 colher de cloro para 3 litros de água);
  2. Lave-os novamente em água corrente e enxugue-os;
  3. Corte-os ao meio e retire as sementes com cuidado para não perder a polpa.
  4. Passe cada metade do tomate na mistura do açúcar com sal e coloque-os com o corte para cima num tabuleiro (vide vídeo acima);
  5. Leve ao forno a 180 graus,  por 1 hora,  para desidratar;
  6. Retire-os desse tabuleiro, um a um, escorrendo a água e enxugando-os com papel toalha (vide figura 3);
  7. Coloque-os em outro tabuleiro seco com o corte virado para baixo;
  8. Leve ao forno a 150 graus por mais 30 minutos;
  9. Repita os passos 6, 7 e 8 alternando a posição dos tomates (ora para cima, ora para baixo), reduzindo a a temperatura da seguinte forma:
    1. 100 graus por 30 minutos com o corte para cima;
    2.   80 graus por 30 minutos com o corte para baixo;
    3.   50 graus por 30 minutos corte para cima.
  10. Finalização: coloque os tomates em recipientes com tampas, alternando em camadas tomates e temperos (orégano, alho desidratado e azeitona). Regar com azeite até cobrir os tomates. Quando os tomates absorverem todo o azeite regue mais até cobrir por completo. Tampe depois de frio e coloque na geladeira.

Observação: para fazer dois tabuleiros de uma só vez, dobre o tempo de forno, ou  seja, onde está 30 minutos passa a ser 60 minutos. As temperaturas devem ser as mesmas já especificadas acima. A variação do tempo depende também da umidade de cada tomate o que pode ampliar o reduzir os tempos recomendados nesta receita.
Tomate seco pronto para o consumo


3 comentários:

  1. Oi, Maria José! Que legal o seu blog. Vou testar as receitas e depois te falo como foi. A propósito, sou a sogrinha da Nadja. Um abraço, Isabel.

    ResponderExcluir
  2. Olá Mazé,estou amando seu blog, é cada receita melhor que a outra,vou tentar fazer algumas, o moussee de macujá é o meu preferido, parabéns!
    Beijoss!!

    ResponderExcluir
  3. "B" Obrigada por nos prestigiar.Esta mousse é mesmo um espetáculo! Não há quem não goste. Parabéns ao Chef Álvaro Rodrigues! Abraços Mazé

    ResponderExcluir